Edital institucional para receber ETAs

Inscrições: Inscrições encerradas

O Programa prevê o apoio a projetos de melhoria da formação de professores de inglês nas licenciaturas com o auxílio de  assistentes de ensino norte-americanos – English Teaching Assistants (ETAs).

 

Serão selecionados até 40 projetos, cada um com até dois anos de duração, que incluam três ETAs por ano, por instituição. Os ETAs são cidadãos norte-americanos, falantes nativos, recém-graduados, com experiência em ambiente educacional e em ensino em sala de aula. Os 120 ETAs participantes do programa a cada ano serão selecionados pela Fulbright nos EUA e ficarão no Brasil de março a novembro de 2018 e 2019.

 

 

Frequently Asked Questions 

1. Quem são os English Teaching Assistants (ETA)?

Um ETA é um jovem bacharel norte-americano, bolsista da Fulbright, selecionado com as habilidades necessárias para ser instrutor de inglês. O programa Fulbright, o mais tradicional programa de intercâmbio educacional do governo dos EUA, foi criado em 1946 e se destaca mundialmente pelo rigor na seleção de seus bolsistas, que se caracterizam pelo comprometimento com a internacionalização da educação superior.

 

2. Qual o objetivo do Programa de ETAs?

O programa apoia projetos de Instituições de Ensino Superior brasileiras, públicas ou privadas, que busquem elevar a qualidade dos cursos de bacharelado e/ou licenciatura em Letras, língua inglesa, na perspectiva de valorizar a formação e a relevância social dos profissionais do magistério da educação básica.

 

3. Quais as características do projeto institucional para receber ETAs?

  • Duração: dois anos acadêmicos, 2018 e 2019.
  • Número de ETAs por projeto institucional: total de seis ETAs, sendo três em 2018 e três em 2019
  • Objetivo: utilização das habilidades e competências dos ETAs nas licenciaturas e/ou centros de línguas com vistas à melhoria da formação de professores.
  • Contrapartida da instituição anfitriã de ETAs: não é esperada contrapartida financeira. O comprometimento institucional é de natureza acadêmica, apresentado no projeto, e de orientação aos bolsistas, com vistas a garantir seu bem-estar durante a permanência na localidade do campus.

 

4. Quais benefícios da instituição em participar do Programa ETA?

A instituição ganhará assistentes acadêmicos extremamente motivados, que serão acompanhados de perto pela Comissão Fulbright, desenvolvendo atividades que beneficiarão sobremaneira os estudantes brasileiros desses cursos por intermédio do intercâmbio cultural. A título de exemplo, os ETAs podem auxiliar o corpo docente de maneira significativa em aulas de pronúncia, história e cultura norte-americanas e no apoio à preparação de exames de proficiência de inglês, como o TOEFL, em centros de ensino de línguas. Cabe à instituição definir como será melhor utilizado este importante recurso, como apresentado no projeto em resposta ao Edital.

 

5. Que instituições podem apresentar projetos para receber ETAs?

Qualquer Instituição de Ensino Superior brasileira, pública ou particular, com curso de bacharelado e/ou licenciatura em Letras, língua Inglesa. Uma mesma instituição pode apresentar mais de um projeto caso tenha licenciatura qualificada em mais de uma localidade.