23 de junho | 2016

Depoimento FLTA: Bibiana Silva

“Queria uma nova experiência, ter a chance de ensinar em um contexto diferente e levar um pouco da nossa cultura para fora do país. O mais interessante foi a relação criada com os outros Fulbrighters e a oportunidade de estar compartilhando esse aprendizado incrível com um grupo de pessoas altamente qualificadas e abertas a trocas.

 

>>> Saiba mais sobre o FLTA: programa para ensinar português nos EUA

 

O programa te dá a oportunidade de criar relações pessoais e profissionais para a vida toda. Nós deixamos muito da gente e trazemos muito do outro, é uma mudança que vem da interação e da colaboração. Não há como voltar sem ser uma pessoa melhor, um cidadão mais consciente.

 

 

Como FLTA, ensinei português como primary teacher e fiz disciplinas no programa de pós-graduação em linguística, sociologia e antropologia. Essa experiência ampliou a minha visão de mundo, me fez olhar para outros lugares, estudar coisas diferentes. Uma vez Fulbrighter, sempre fulbrighter – essa é uma verdade que nos traz uma enorme responsabilidade, mas muitos benefícios. Tenho certeza que essa experiência irá abrir novas portas e que os contatos profissionais feitos gerarão muitos frutos produtivos.

 

Livrem-se de qualquer tipo de julgamento, viajem de coração aberto, dispostos a entender o diferente. Vocês serão o Brasil lá fora, têm a grande responsabilidade de representar o nosso país. Entendam que a bolsa não é um presente, é um trabalho de comprometimento total – vocês precisam devolver isso para o nosso país da melhor forma que encontrarem. Aproveitem a oportunidade de estarem em um grupo maravilhoso e estabeleçam relações enriquecedoras.”